Folha Ubajarense » Zona rural é afetada pelo descaso com as passagens molhadas
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Ibiapaba online

Zona rural é afetada pelo descaso com as passagens molhadas

أرسلت بواسطة Monique Gomes في segunda-feira, 21 dezembro 2009لا تعليقات

pmolhada Os moradores deste município da zona norte do Estado estão preocupados com a situação em que se encontra a maioria das estradas que liga a sede às zonas rurais. Na maioria delas os estragos causados pelas chuvas ainda são visíveis. Dezenas de passagens molhadas que foram destruídas ainda permanecem na mesma situação. Eles temem que com a chegada das chuvas a situação se complique ainda mais, e voltem a ficar ilhados como aconteceu nos três últimos meses da quadra invernosa que banhou o Estado na última estação chuvosa.I

Uma das pessoas que se mostra mais preocupado com a situação é o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Francisco Antônio Martins. Ele informa que frequentemente recebe turistas que se dizem indignados com a situação. “Boa parte da nossa população vive no campo, vive basicamente da agricultura de subsistência. São pessoas que precisam vir à cidade quase que diariamente”, disse Martins.I

Uma das situações mais preocupantes está na CE-321, rodovia que liga Graça a São Benedito, onde se concentra o maior número de moradores. A passagem molhada que fica sobre o Rio Buíra foi totalmente destruída. “Quando a passagem molhada foi arrastada pelas águas as pessoas tinham que ser levadas nos braços. Móveis e eletrodomésticos também”, disse o presidente. A estrada dá acesso às localidades de Lapa, Pirituba, Formosa, Sítio Verde e Campestre também estão intransitáveis. Na localidade de Lapa outra passagem molhada já bem próxima ao distrito também precisa ser recuperada.I

I“A recuperação dessas obras precisam de recursos do Governo do Estado, o município sozinho não tem como arcar com as despesas. O trecho que dá acesso à localidade de Lapa é de total responsabilidade do Estado”, disse o secretário de obras do município, Raimundo Ivan Rodrigues, que encontrou como medida paliativa a construção de desvios e barreiras de contenção para resolver o problema.I

Ele adiantou que no trecho entre a localidade de Vila e o distrito de Lapa, a Prefeitura já está fazendo um desvio até a comunidade de Caraúbas. “Nós vamos tentar recuperar este trecho que também é responsabilidade do Estado, que até só colocou uma camada de barro. Outros trechos também estão sendo recuperados. A nossa promessa é que tudo esteja concluido até o fim de janeiro”, disse.I

Para o professor da rede de ensino do município, Michael Rodrigues de Alcântaras, caso as chuvas sejam intensas como a do último inverno, irá prejudicar o início das aulas. “Neste ano as passagens molhadas se romperam durante as chuvas e se não forem recuperadas, vamos reviver situação difícil logo no começo”, alerta Rodrigues.I

Ele informou que a situação vivida pelos moradores de Lapa é praticamente idêntica às das demais localidades.I
Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=706705

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui