Folha Ubajarense » Retrospectiva, por Tomas Filho
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Opinião

Retrospectiva, por Tomas Filho

أرسلت بواسطة Monique Gomes في domingo, 27 dezembro 2009لا تعليقات

calendarioVamos fazer um pequeno resumo de grandes acontecimentos de 2009. Se você parar para pensar e analisar corretamente, vai ver que 2009 não foi um ano em que temos muito o que comemorar, pelo contrário, 2009 trata-se de um ano que traduz tudo o que o brasileiro e talvez até o ser humano não quisesse viver em algumas escalas, um ano estritamente violento, um ano onde tivemos inserido de vez no seio da sociedade uma droga chamada crack, um ano em que, quando esperávamos que alguns atos de corrupção por parte de alguns políticos não fizesse mais parte do nosso dia a dia, aí é que estes adentram nos nossos lares através dos canais de comunicação. Um ano de uma batalha das religiões em busca de seus fiéis, um ano em que milhares de pessoas se foram em grandes acidentes. Um ano também onde a batalha entre aqueles que travam a todo momento em busca da preservação e da conservação do meio ambiente, pode-se dizer, até agora perdida, porque alguns não conseguem assimilar a sua culpa, a chamada meia-culpa, nas questões ambientais. Um ano em que o trânsito se mostrou numa violência inacreditável. Muitas vidas foram ceifadas através de acidentes automobilísticos, o ano em que a corrupção esteve presente não só na política, mas até mesmo nas esferas policiais, onde temos acompanhado corrupção de policiais em todo o Brasil. Um ano em que as grandes transformações que esperávamos não aconteceram, um ano também para lembrar que este país é uma potência, mas os que estão a sua frente ainda não entenderam isso de forma adequada. Um ano para assimilar melhor a educação através de provas fraudadas, através de universidades que perderam o seu credenciamento do MEC, através de um ensino onde devemos ter a prioridade de jovens, a capacitação de professores, um ano em que alguns profissionais de áreas distintas como a odontologia causaram holocausto em uns, quando da retirada da dentição completa de jovens, o ano em que médicos dos mais experientes foram flagrados e denunciados por várias mulheres, assédio sexual e até mesmo estupro. O ano em que muitos acontecimentos levaram emissoras de tv uma guerra, exemplo: rede record e rede globo. Um ano de mudanças nos canais de televisão, algumas ganharam o direito de ser digital, outras estão ainda em fase de adaptação. O ano que, para quem entende realmente do assunto, viu que a violência fez parte de cada um que faz parte desse país. O ano onde o Grean Peace encontrou uma verdadeira muralha pela frente, o Grean Peace, um grupo ativista em prol da preservação do meio ambiente, encontrou pela frente as muralhas dos países asiáticos, os países da américa central e também europeus, mas a luta desse povo não para, os ativistas conseguem chamar a atenção do mundo para algumas ocasiões. Um ano também de grandes perdas, atores, atlelas, enfim, um ano em que trazemos até agora algumas pequenas lembranças positivas, mas em sua maioria, um dos anos mais marcantes pelo negativismo. Grandes conquistas alcançadas. No ano de 2009 quase aconteceram. A descoberta do pré-sal, por exemplo. O Brasil passa a ser um dos países onde o futuro está praticamente garantido, mas até que ponto este futuro está garantido? A negociação política, que envolve interesses particulares, já começou. País futuro, Brasil, quem sabe. Alguns saíram as ruas para protestar contra as corrupções que nesse 2009 foram avassaladoras, dólares na cueca, nas meias, listas de funcionários fantasmas, uma série de acontecimentos na política brasileira, incluindo as grandes raposas do senado, essas raposas que são consideradas as mais inteligentes e conceituadas do Brasil, envolvidos em corrupção, escândalos no supremo tribunal de justiça,ministros que mudaram o voto na hora de não mudar, escândalo no congresso nacional, deputados também envolvidos com corrupção, prefeitos, governadores, e por fim, a politicagem toda e os políticos desse país quase que na maioria envolvidos com situações comprometedoras. 2009, sem sombra de dúvidas, um ano para se deixar passar, sem querer guardar as lembranças negativas, temos que pensar positivo porque o país não para. 2009, o ano de descobertas de dopins por atletas que tinham em suas estruturas um caráter inabalável. 2009, descobertas de padres, pastores, aqueles que pregam a religião envolvidos em pedofilia. 2009, um ano onde situações dramáticas em meio a confusão do trânsito de grandes cidades, que envolvem assaltantes e pessoas comuns onde nem sempre a ação da polícia foi correta, onde morre o assaltante e outras pessoas são baleadas. 2009, onde o Rio de Janeiro se mostrou para o mundo como a cidade mais violenta do Brasil. 2009, que está acabando, onde a natureza mostra para esse país como tem força. São Paulo debaixo d´água, Santa Catarina, e alguns lugares do Nordeste, seca total. Lugares onde o frio deveria ter a sua presença, simplesmente um calor infernal. 2009, onde termômetro da avenida Dr. Guaranir, em Sobral, chegou a marcar 48 graus. Você sabe o que é isso? É o tal chamado buraco de ozônio. 2009, o ano da crise econômica mundial desencadeada pelos EUA com a liberação de verbas por parte de financeiras para compras de móveis. O dólar cai, despenca. E leva com ele várias outras moedas. 2009, um ano de grandes acontecimentos, a escolha do país para as olímpiadas, para a Copa, um ano de declarações bombásticas que envolvem pessoas que são comprometidas com a política brasileira, 2009 do governador Roberto Arruda, que em entrevista, disse que “se eu cair, todos os deputados caem”, com eles alguns deputados do congresso e alguns senadores e o ano de acontecimentos realmente desastrosos para toda a população brasileira. Nesse 2009 são poucos os saldos positivos que podemos colocar na nossa lembrança, porque temos que levar e contar histórias para netos e bisnetos. 2009, um ano também de grandes descobertas na medicina, e o ano em que a gripe suína volta com força total em quase todo o mundo. Uma gripe que foi criada praticamente em laboratório para dizimar soldados da guerra. Um ano do reconhecimento mundial em que o presidente Lula é visto como mais popular do mundo. 2009 é um ano que nos faz refletir sobre qual é o verdadeiro papel do ser humano nessa passagem que temos por aqui. Para Ubajara, um ano de grandes acontecimentos, como a chegada do Centro de Especialidades Odontológicas, como o CEFET e escolas profissionalizantes. Um ano extremamente violento quando falamos de acidente no trânsito, diferenciado para Ubajara quando se fala em segurança pública. Um ano para se deixar muita coisa pra trás, mas para deslumbrar um futuro que possa nos trazer maior comodidade quando o assunto são benefícios para essa cidade, 2009 um ano marcante para aqueles que habitam na localidade, como por exemplo o pessoal do Sítio Amazonas. 2009 é um ano pra se esquecer, falta de água potável, água para tomar banho e lavar roupas e tudo o mais, é hoje o grande drama dessa comunidade e de outras mais. 2009, que ano para lamentar perdas, como exemplo o Dr. Wiron que deixou um legado. Cotidiano sociológico nessa terra onde outros homens estão escrevendo lentamente as suas histórias nessa pacata cidade, na micro região. Tentamos encontrar soluções para pequenos problemas. Sem falar em algumas situações particularmente com problemas de alagamento, ruas, lixo. Cidadãos que tiveram problemas com o desenvolvimento político local, mas temos que entender que toda essa conjuntura de acontecimentos, bons e ruins, fazem parte do progresso que traz realmente uma avalanche de informações. O jovem hoje é bombardeado a todo momento de informações através da internet, televisão, rádio, e de vários comportamentos de seus amigos, a influência da tv, essa que influencia muito o modo de ser e de pensar. Precisamos entender que as transformações acontecem, em todas as áreas da vida. Como será 2010? O que poderemos esperar neste ano?I

 

tomas

 

 

Retrospectiva, por Tomas Filho, jornalista e Apresentador do Jornal Ação no Ar na Rádio Club FM 87,9 Ubajara

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui