Folha Ubajarense » O que está errado, por Tomas Filho
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Opinião

O que está errado, por Tomas Filho

أرسلت بواسطة Monique Gomes في terça-feira, 13 abril 201028 تعليقات

 

Foto de Monique Gomes

Foto: Monique Gomes

Ubajara é, sem sombra de dúvidas, o mais belo município da Serra da Ibiapaba por sua condição geográfica e geológica, mas quando falamos da situação política socioeconômica e de desenvolvimento das prioridades sociais estamos falando em utopia para aqueles que estão atrelados ao poder. Sim, porque é deles o dever de preservar as verdadeiras condições de proporcionar ao povo de sua terra o melhor, em moradia, emprego e renda, saúde, habitação, saneamento, educação e principalmente a credulidade de saber que o que pertence ao povo está sendo bem aplicado na conservação desses direitos.I

 É, deveria ser assim, mas o que temos observado é que esse compromisso que sempre sai dos palcos de campanha não são levados a sério por aqueles que prometem e nunca cumprem o que foi firmado com o povo. É exatamente esse ponto que já virou ferida quase incurável. Esta cidade tão linda por natureza, de um povo ordeiro e que sonha com o desenvolvimento sustentável e de qualidade já não acredita mais em seus representantes, por estes sequer fazerem valer o que de fato é do povo: o direito a cidadania, que a legislação brasileira rege em seu teor.I

 Uma cidade vê perplexa o seu lugar cair em acontecimentos que trazem a vergonha do mau uso do que é publico, e o pior, é que estes acontecimentos estão se tornando cada vez mais freqüentes, e o que deveria ser de um prazer enorme para os munícipes e os que adotaram esta cidade em vê-la crescer de forma honesta e correta estão tendo que engolir com muita dor o que os maus políticos que não tem compromisso com políticas públicas prioritárias estão fazendo com a cidade. Ubajara precisa rever os conceitos daqueles que estão na política para saber determinar quem realmente tem amor por esta terra, porque até o presente momento de uma história tão linda e tão rica em detalhes que só os mais velhos lembram com alegria desses fatos que muitos não sabem sobre a política dessa cidade.I

 Nós aqui só temos visto atitudes que não são para serem lembradas e sim esquecidas porque tratam do mau uso do que é do povo, e diga-se de passagem, já são várias administrações e legisladores que só levam o povo na conversa e se alocam na conformidade de erros grotescos. Não adianta só alguns falarem sem nada fazerem, a população desta maravilhosa cidade precisa ter clareza e firmeza em mudar esse quadro, que hoje só beneficiam alguns. Infelizmente, de uns tempos pra cá, este município vem formando grupos para elegerem os seus e isso está errado, porque quando falamos em grupos falamos em isolamento onde administrações irão trabalhar somente com a visão daquele grupo ou para aquele grupo.I

Precisamos mudar essa maneira de pensar e agir. Hoje temos o resultado da formação de grupos para apoiarem os candidatos e quando um ganha do outro a cidade inteira perde. Estude sobre as ultimas administrações que ganharam campanhas por formação de grupos e veja o resultado. Ubajara não cresceu e nem ganhou em desenvolvimento o que realmente merecia. A união por um município melhor deveria ser a única meta de todos que amam esta cidade. A maneira de se fazer política em Ubajara está errada e se isso não mudar esse município estará fadado a um destino cruel de desolação, onde o roubo, o enriquecimento ilícito, a falta de honestidade estará sempre nas administrações e nunca sairemos desse ciclo vicioso.I

 

O que está errado, por Tomas Filho, jornalista, diretor da Rádio Club FM de Ubajara

28 تعليقات »

  • Antonio Nunes said:

    é sempre bom ver que alguém tem a real e verdadeira noção das coisas que estão acontecendo nesta cidade e essa politica de grupos é feita por politicos burros que não sabem o que é coletividade e continuam errando e a nossa cidade se acabando com tanto roubo. Parabens pelo artigo.

  • Juci said:

    Gostei muito desta artigo, acho que foi muito claro e com modos pacato. Precisamos de um prefeito que seja de todos, , nao só de alguns. Basta com perseguições, porque este ou aquele nao era do partido, mais acho também que é tudo uma utopia. Mais continuamos sempre a esperar tempos melhores. Parabenizo o trabalho maravilhoso destes jornalistas ubajarense. Obrigado!Para nos que estamos longe, é ainda mais precioso!Um forte abraço
    Jucileide

  • INFORMATIVO said:

    Assino em baixo. Mas e ae Tomas? O que vamos fazer? Este problema esta na nossa cara, mandato após mandato, como um circulo vicioso. Uma ferida quase incuravél. Nós, que não somos leigos quanto aos nossos direitos e deveres e os deveres de quem gonverna. Só tentamos mostar ao povo esses problemas , mas pouco agimos. Acho que esta na hora de sairmos da retaguarda e irmos pra trinxeira, pra linha de frente, nessa batalha por o bem de Ubajara. Embora sabendo que o grupo políto, que esta por trás desses politicos mediucres que temos, são os homens mais ricos da cidade.

  • JB said:

    parabens pelo menos ainda tem alguem acordado nesta cidade

  • Tomas Filho said:

    o que precisamos de verdade é que a população use mais os meios de comunicação para cobrar e que os políticos entendam que quando se governa estamos fazendo isso para o povo e não para nós mesmos, Ubajara só tem o tipo de político que se apresenta hoje porque ela ainda não aprendeu a valorizar o voto que vale muito mais que terrenos, dentaduras, cestas básicas e o própio dinheiro em espécie que é derramado em compra de votos na época da campanha. Raciocine um pouco comigo, se eu hoje compro seu voto seja por qual for a moeda eu terei que num futuro bem próximo ter de volta tudo que gastei, e se você parar para prestar atenção existem cidades onde um candidato a vereador gasta em campanha cerca de 400 mil reais, agora me responda por favor, se um vereador deste for eleito ele passará a receber como funcionário publico cerca de no máximo em cidades mais desenvolvidas cerca de 6 mil reais, me diga como ele vai repor os 400 mil reais que gastou em campanha se durante os 4 anos de mandato ele só receberá 288 mil reais ? é isso que não entendo em política mas faço o maior esforço para tentar entender. No caso de Ubajara é a cidade que perde com pensamentos políticos isolados e ai é onde mora de verdade o problema ou seja o x da questão. Volto a dizer o pensamento tem que ser por uma cidade melhor e não por politicagem isso nÃo existe mais, só em lugares que estão ainda no atraso. 

  • Luciana said:

    oO que está errado?Perseguição no trabalho a pessoas que participaram da greve.Exemplo bvem prático.Se você tiver sido grevista e precisar de uma ampliação, melhor nem ir atrás da secretária de educação, pois ela não lhe atende.Acho bem fácil ter feito a cabeça dos diretores, pois estive conversando com uma amiga ue estava na greve também , e me disse que a diretora dela nem fala mais com ela.Ali na secretaria de educação, uns trabalham e outros mamam.Que é isso? Não estamos em época de ditadura não. A secretária tem um olhar diferente para os grevistas.Quanta barbaridade.Opoder acaba.

  • Alex Cunha said:

    Somente com uma educação que esclareça nosso papel de cidadã ativo poderemos mudar esta situação!

  • Anonimo said:

    Não sou da cidade mais frequento muito quando posso,vejo sim que realmente á várias lacunas a serem preenchidas,outro dia vi no relógio que tem proximo ao banco do brasil fiquei até surpreso e satisfeito pelo que havia visto sobre a cosntrução de uma praça la na cagece,só que nas minhas ultimas visitas vi que nem sinal da praça,ubajara tem que deixar de ser apenas a cidade do bondinho e da gruta,e passar a voltar belas festas com estruturas e atrações que possam atrair turistas,entre outros e consequentemente fazer a economia da cidade alavancar.

  • Edinalba said:

    Para luciana:amiga é verdade o que você fala,os professores do município de ubajara com esta Secretária de Educação estão comendo o pão q o diabo amassou,passaram de professores para sofressoresela piza maxuca,cobra e não dá condição mínima de traabalhonem de uma folha de papel ofício nós não somos dígnos.Na Secretaria de Educação tem várias máquinas de xérox mas de xerocar uma pequena folha para provas dos alunos nos não temos direito,mas como aluno precisa levamos para Sr.Edson,Sra Emília,tudo isto retirando dinheiro do nosso mísero salário para pagar isto é uma vergnha,chego na Secretaria d Educação,sou mal recebida por aqule paredão de frente,gosto mais de me dirigir aos funcionários mais antigos que eles nunca mudaram o jeito de nos tratar,mas eles são funcionários mesmos, esta é a razão não só passando temporada,acho q são é humilhads também Fui até a Secretaria pedir um lápis para um aluno ,e as babonas responderam q não tinha.Nos outros municípios no inicio d ano todos professores recbem um quite completo contendo:lapis pincéis canetas,tesouras grampeador cliper,réguas, resma de papel,pincel para quadro branco,e outros mais, nós não recebemos nem uma caneta,veja o quanto nos somos desvalorizados.Recebemos uma agenda neste mês,quantos mêses de atraso…….são pouco o que vamos aproveitar.Mas para os babões e as babonas tem tudo,Tem uma que já tem até um apelido de cachorrinha da madameo não tem nem o terceiro grau mas já está mandando e desmandando nas escolas diz que é Superintendente pense?!!!!!!!kkkkkkk.vai trminar teu curso primeiro.Falando da greve tive até raiva de mim mesma porque não aderi,pos depois q terminou a greve a secretária e diretores “aqueles que babam,tem rabo preso ,laranjas escondem a mufufa” esta botando é quente nos professores e em alguns deretores.A Secretária vive de ameaçar professores e diretores a quem ela acha que estava apoiando o movimento, fez reunião e pediu que elas fossem concientes e entregasse o cargo,E ai daquela q falasse alguma coisa de negativo da administração, sabemos disto porque numa reunião de 30,40,70 diretores tem umas amigas que repassam. A secretária não esta sosinha ,e assim vai.É verdade…. que tem diretoras q não fala com os professores, mas isto é ordem da Secretária de Educação q ficou com raiva de um diretor porque fez uma festinha para receber os professores de volta da greve.Este diretor é bastante educado e da educação mesmo!!pois valoriza seus professores,tiro o chapéu para ele,parabéns diretor,você esta mostrando seu profissionalismo,você precisa é dele mesmo. to

  • Mara regina said:

    Parabéns , Ednalba
    Seu comentário foi a mais pura realidade.Você é muito realista mesmo.Realmente a cachorra da madame quer mandar e desmandar nas escolas, mas se ela faz isto é porque tem todo aval da secretária de educação.Lápis, xerox…isso é muito difícil para nós.Em uma das reuniões dos grevistas a secretária de educacão ALDENIR, falou que o professor não deveria tirar dinheiro de seu bolso para pagar prova para alunos, isso ocorreu após um comentário da professora Marleide que foi muito feliz em sua fala.Nestas festividades da páscoa, os coordenadores, ou melhor, diretores, pediram aos professores para comprar um bolinho para os alunos.Como que se pode comprar um bolinho para uma sala de 38 alunos?Engraçado q nesta hora não se pode pedir dinheiro a aluno.Eo bolsa esdcola deles?Vc tem toda razão quando diz que tem funcionários da secretaria que tem o jeito arrogante, concordo com vc, pq já senti isto na pele também, senti a indiferença.Para os babões tem tudo .Para quem trabalha de verdade…só cobranca mesmo.Vc é professora de qual escola:?Desde já tiro o chapéu para vc, pois é uma das minhas.Estas funcionárias antigas como fala, elas são na dela pq estão ali por mérito próprio, concursada, diferente das babonas q logo sairão

  • Mara regina said:

    Engracado:estes professores nao denunciam esta situação.Passam por tudo e aguentam calado.Isto é assedio moral.Vamos nos unir .Assim ganharemos um dinheirinho.O ministério público está a nossa espera.Vamos reagir.Eles são minoria.Advogado do sindicato está conosco.Vamos unir nossas forças.Sendo filiada ou não, somos servidores.É de nós que eles precisam.Qual foi a diretora que fez a festinha recepcionando os professores?pois quero parabenizá-la.Esta sim tem exemplo de cidadania para dá.E a Aldenir só o meu repúdio.Ednalba, vc sabe informar onde foi parar o dinheiro que descontaram dos grevistas?foi parar no bolso de quem?da vanda, do Claudio ou da cachorrinha?Essas diretoras que não falam com professores são sem ética mesmo.Estão sendo nada mais nada menos que pitbul do prefeito.
    Um abraço para vc Ednalba

  • Mara regina said:

    Esta prefeitura está cheia de funcionários fantasmas.Junho chega ajá.Terá audiência em sobral.Pago para vê o reboliçoj.

  • karol said:

    Será q estes funcionários fantasmas vão ainda aparecer na folha de pagamento?acho q não, talvez va existir uma folha extra,só que querendo ou não, vão ter q prestar conta deste dinheiro.Vamos gente tomar providencias,Ubajara tem jeito.Fiquei triste em saber q meu torrãozinho Natal esta se acabando por está entregue nas mãos de corruptos, estes q não fazem nada pela população só maltratam dando uma de ditador,ja foi o tempo do povo aguentar e aceitar tudo calado desabafem……. nem q seja em nota de jornal para não ficarem doentes..

  • Vigevando Araújo de Sousa said:

    Gostaria de parabenizar os organizadores desse Jornal e afirmar o que Paulo Freire dizia sobre a leitura e a escrita como um espaço de liberdade. É na tentativa de libertar a consciencia que temos este jornal para dialogar conosco mesmos e com as pessoas. Vejo esse ambiente como propício para estrapolar as emoções que vivem acorrentadas no inferno que é ser professor de Prefeitura. É tanta demagogia em nome de uma estrutura escolar falida, um sistema miserável que em nome da inclusão social, provoca exclusões mais severas, alienações de todas as esferas, inferno na terra, cobra que engole cobra, funcionários estressados, alunos indisciplinados, diretores sem autoridade e sem pulso. Tudo isso em nome do bem estar de quem fica atrás de birôs, escritórios, palacetes e secretarias determinando ou acompanhando essas regras miseráveis. Nos dias atuais a profissão de professor corre sérios riscos de ser extinta, porque poucos estão tolerando essa barbárie ideológica. Pessoas inteligentes estão tomando vergonha na cara e não estão mais aceitando ser capachos desse sistema miserável que vive a educação brasileira e do nosso município. Muitas cobranças e poucos recursos! Já escutei falar muito que professores tem que ser pais, irmãos, psicólogos, etc. Mas nós professores é que precisamos de ajuda psicológica para saber trabalhar com “turmas problema” superlotadas, perseguição política, social e econômica, a dignidade que nos querem roubar, etc. Parabenizo aos heróis que sofrem torturas psicológicas de toda natureza e que ainda resistem nessa empreita de acreditar numa solução para tantos problemas. Um abraço a todos os amigos e amigas que fazem acontecer o pouco que se espera, uma educação aos moldes da injustiça social, baseada numa lei desigual para desiguais.

  • Monique Gomes (author) said:

    Vigevando, obrigada por suas palavras. É muito contraditório que alguns trabalhem pela inclusão social enquanto outros promovem a exclusão, concordo plenamente, isso, principalmente, não deveria acontecer no ambiente de educação.

  • Monique Gomes said:

    Tem uma coisa que eu acho extremamente sem lógica nessa história, falando de uma maneira mais generalizada. A gente se acaba de estudar, entra para uma universidade, faz outros cursos, ou seja, está sempre investindo em conhecimento pra poder vencer na vida, entrar no mercado de trabalho e tudo mais. Aí, o requisito básico para que alguém exerça um cargo público como prefeito, vice, vereadores, é apenas existir, além de ser bem votado na eleição. Não existe uma exigência, eles não fazem um curso pelo menos de administração, de nada!!! Para administrar qualquer coisa que seja, desde um comércio bem pequeno, o sujeito tem que entender de administração, que dirá uma cidade! Um bom prefeito tem que estudar administração, entre outras coisas, como o desenvolvimento de cidades através das atividades turísticas, por exemplo.

  • Profª Yannes said:

    Concordo com você Monique quando vc fala que os prefeitos deveriam possuir cursos que o capacitassem a admnistrar, assim como os vereadores, os diretores de escola, os coordenadores escolares, os secretários de saúde, educação etc Ou pelo menos ter um acessor que entendesse de alguma coisa. Pena que não é isso o que acontece! Mas, não vamos perder as esperanças de que , futuramente, seja diferente. Afinal, é a esperança que nos move sempre.

  • ISAC said:

    NÂO PERCO UM SÓ JORNAL AÇÃO NO AR,POIS TRAZ INFORMAÇÔES QUE NOS AJUDA ENTENDER O CONTEXTO SOCIAL ,TENDO EM MENTE AS REVIRAVOLTAS QUE ANDA ACONTECENDO EM NOSSA CIDADE. GOSTARIA DE PARABENIZAR A RÁDIO CLUBE PELO PAPEL QUE VEM DESENPENHADO EM RELAÇÃO A INFORMAÇÃO E ENTRETENIMENTO
    ISAC SILVA ; ALUNO DO 3º ANO MÉDIO. ESC. FLÁVIO R. LIMA.

  • Vigevando Araújo de Sousa said:

    Isac, gostei do seu comentário. Isso revela o seu grau de comprometimento com a vida social, e precisamos como professores formar mais pessoas com esse compromisso! Parabéns! Procure deixar seu comentário a respeito do estudo de Filosofia no ensino médio.
    Até Breve!

  • Monique Gomes (author) said:

    Isac, eu também não perco um Jornal Ação no Ar, porque além das notícias do Brasil e do mundo ouço informações sobre os acontecimentos da nossa cidade. Confira a programação musical cedinho da manhã, são as melhores da música popular brasileira, e ouça também o Adrenalina, um programa de HUMOR, todos os sábados a partir de 9 da manhã.

  • ISAC said:

    olá Monique adimiro muito a profissão de jonalista,e vc exerce muito bem esse papel.realmente a programação da clube é showśó não ouço os programas da mãnha , pois estou em aula. não poderia deixar de falar q o adrenalina é o melhor programa de humor no final de semana perdendo apenas para o pânico na tv , da rede tv…nossa eu quase nãom cosigo fazer outra coisa , só dando risada.PARABÉNS PELO SUCESSO DO FOLHA UBAJARENSE….

  • islany said:

    TODOS OS DIAS CURTO A CLUBE FM DE UBAJARA,GOSTO DE ESTAR LIGADA NO Q ACONTECE NO MEU MUNICIPIO DE BOM E TABEM DE BARBARO ATRAVES DO JORNAL AÇÃO NO AR .PARABENS TOMAS FILHO POR TRAZER PARA MUITOS OUVINTES AS NOTICIAS ACONTECEM NO MUNICIPIO DE UBAJARA.

  • Mariah said:

    Concordo plenamente com você Monique Gomes, no que se refere à qualidade da formação dos nossos governantes. Infelizmente não tem nada mais engraçado do que a propaganda eleitoral. Cada figura!! Não é a toa que até o Tiririca é candidato em São Paulo. É simplesmente uma vergonha. E o pior é que isso só acontece porque nós mesmos deixamos. Não temos a coragem de nos unirmos em busca de um país melhor. Afinal, tudo está em nossas mãos. O voto é nosso. Nós que escolhemos.

  • Anonimo said:

    Estão comentando aqui em araticun que o prefeito ARI vai retirar de pessoas suspeitas de não votarem no candidato dele benefeicios antes dados a todos ,se isso não é perssegução politica eu não sei o que é acho que se isso for mesmo feito deve ser denunciado

  • BOCA DO POVO said:

    Estive em araticom terça feira e ouvi o mesmo comentario mais acredito que o prefeito não faria isso!

  • kim said:

    A população do araticum ainda vive do passado dos tempos dos coronéis!

  • raysa said:

    oi o meu nome e raysa temnho 17 anos sou muito far di voseis gostoria que voseis devuvasi o meu no me todos os dia ma radio o meu msn e raysa38@ hotmail.com

  • eugenio said:

    não estou consigo ouvi a radio via net e porque estou em fortaleza tomas valeu cara abraço.

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui