Folha Ubajarense » Pérolas de um nativo, por Adrovando Tomaz
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Opinião

Pérolas de um nativo, por Adrovando Tomaz

أرسلت بواسطة Monique Gomes في segunda-feira, 2 agosto 20102 تعليقات


Dia de sol, mar tranqüilo e uma praia paradisíaca chamada Lagoinha. Chegamos logo pela manhã por volta das 9 horas e logo um guia, desses nativos eloqüentes e bastante convincente, nos abordou e tratou logo de vender seu peixe. Nos deixou aparte da exploração imobiliária que estavam sofrendo por causa dos portugueses e nos convidou usando um tipo de marketing patriótico para visitar a sua barraca.I

I__É aquela logo ali com a bandeira do Brasil.  Disse, apontando com o indicador.I

Acompanhando seu aceno avistei a uns 200 metros a barraca onde ostentava a bandeira, ali, afirmando que era um autêntico pedaço do Brasil. Como um guia turístico experiente fez uma explanação minuciosa das belezas do lugar, dos hotéis no cume e sopé da montanha que circunda aquela praia e dos souvenirs para futuras lembranças.I

Em viagens há sempre uma preocupação com a segurança e isto nos faz refém de nós mesmos: a câmera, óculos, dinheiro e outros pertences acabam nos deixando um pouco inseguros, apáticos para usufruir de tanta beleza. Não sei se já era um discurso programático ou se estava estampado em nossa cara, no entanto com um sorriso amável tratou de confortar-nos.I

I__Olha! Não tenham medo, vocês podem deixar as suas coisas em qualquer lugar, pois ninguém vai mexer em nada. E continuou:I

I__Aqui não tem ladrões. Os dois últimos que ainda restavam, nós expulsamos daqui.I

Deu uma boa gargalhada e completou:I

I__O Prefeito e o vice.I

É cômico!I

Voltando a realidade a gente percebe a necessidade e o compromisso que todos tem de fazer essa limpeza.

As eleições estão chegando, é bom tomar cuidado para não ter que dar emprego  a esses notáveis corruptos e seus súditos…I

 

 

 

 

Pérolas de um nativo, por Adrovando Tomaz Cavalcante, empresário.I

2 تعليقات »

  • ulian said:

    Caro Adrovando, a meu ver é inevitável não empregar esses “notáveis corruptos e seus súditos”, também denominados aqui em nossa cidade de “BABÕES”, o cordão é tão grande, pois eles tem uma facilidade de “ganhar” dinheiro da prefeitura de um jeito tão “macetoso” que parece que são formados em Universidades conceituadas de outros países. Como sabemos aqui em nossa cidade tem uma escola, tal qual a Escolinha de futebol do Santos (assim como todos falam: OS MENINOS DO SANTOS, aqui nós chamamos os meninos do Prefeito ou os meninos de Ubajara, essas crianças ganham um dinheiro com tanta facilidade que daqui alguns dias outros clubes (prefeituras) virão buscar esses mestres de maracutaias. Colocam um bloco de nota fiscal debaixo do braço e se acham empresários, e lá se vai nota disso, nota daquilo, e a prefeitura pagando, pagando e o povo….., sem comentário.

  • Imparcial said:

    Sem contar que os ” Babões” da prefeitura são individuos que nem precisam necessariamente desse dinheiro, sendo que em nossa cidade há pessoas que necessitam desse dinheiro pra sobreviver, sei mais nem o que eu pense sobre politicos.

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui