Folha Ubajarense » Percurso dos carros 4×4 terá mais de mil quilômetros
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Ibiapaba online

Percurso dos carros 4×4 terá mais de mil quilômetros

أرسلت بواسطة Monique Gomes في quinta-feira, 30 setembro 2010لا تعليقات

Concluído o primeiro levantamento do Rally Piocerá, o maior enduro-rally de Regularidade da América Latina, que acontecerá de 23 a 29 de janeiro e que passará por vários municípios dos estados do Piauí, Maranhão e ceará. O evento atrai anualmente competidores de cerca de 22 estados do Brasil e de outros países, como Itália, Suíça, França, Japão.I

A equipe técnica que realizou o primeiro reconhecimento do percurso dos Carros 4×4 da prova de Regularidade foi chefiada pelo diretor Geral do evento, Ehrlich Cordão. O percurso total foi fechado em 1.065 Km, sem contar com os deslocamentos, que elevam a prova de quatro dias para 1.300 Km. Umas das atrações para a edição dos 24 anos do Piocerá será a Rota das Emoções (Jeri-Delta-Lençóis), um roteiro turístico integrado envolvendo o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o Delta do Parnaíba, no litoral piauiense, e Jericoacoara, no Ceará, considerado um dos destinos litorâneos mais procurados por turistas de todas as partes do mundo.I

O Rally Piocerá é voltado para competidores em três grandes modalidades: a prova de Regularidade para Carro 4×4, Moto e Quadriciclo; o VeloPiocerá, para carro 4×4 e a prova de Mountain Bike. Para cada uma das modalidades, os competidores terão várias categorias em disputa, estas disponíveis no site oficial www.piocera.com.br no link Área do Competidor. Como o primeiro levantamento é também a “espinha dorsal” do rally, todas as categorias da Regularidade completarão trechos bem parecidos; o que diferenciará são alguns pontos do roteiro, por exemplo, em trechos de trilhas sinuosas e de difícil acesso, onde só conseguem passar as motos.I

O 1º dia de prova para os Carros 4×4 da Regularidade se caracterizará pela largada em Teresina, capital do Piauí, no dia 25 de janeiro. A chegada será em Barreirinhas. É o dia mais longo, com 356 Km. “Procuramos encontrar um roteiro inédito, com trilhas e lugares diferentes e encontramos lugares de belezas inigualáveis. Percorríamos, em média, 14 horas por dia para encontrar os melhores pontos circundando paisagens naturais ricas e belas”, destacou Ehrlich Cordão.I

A largada será pelo local onde Teresina foi fundada há 158 anos, o bairro Poti Velho, onde acontece a união dos rios Parnaíba e Poti; depois seguirá por canaviais e muitas estradinhas às margens do Parnaíba. A prova segue em direção ao município piauiense de Miguel Alves e depois adentra no Maranhão por balsa, que tem capacidade de travessia de até 30 carros pequenos por vez, em percurso de dez minutos. No Maranhão, um visual bonito de mata virgem para encher os olhos dos aventureiros, passando pelos municípios de Duque Bacelar, Buriti e Brejo. Depois, os competidores seguem para Barreirinhas em um trecho de difícil navegação, com estradas precárias, erosões, que exigirão perícia de piloto e navegador. Areia pesada até chegar em Barreirinhas. E tome 4×4 reduzido. A experiência nesse trecho vai contar muito. Um dia para ficar na história, já que desde 2004 o Maranhão não fazia parte da prova.I

O 2º dia de Piocerá para os carros 4×4 será entre Barreirinhas e Parnaíba-PI. O percurso será de 235 Km. Logo na saída, trabalho para os pilotos, que deverão usar ‘4×4 low’ bloqueado para conseguirem atravessar muita areia até o município de Paulino Neves e depois até Barro Duro. “Pensem em um areal profundo, haja braço para evitar atoleiros. Antes de chegarmos em Paulino Neves, passaremos por uma região de dunas, conhecida como os Pequenos Lençóis, um visual inesquecível. Vale lembrar que em momento algum a prova penetra os domínios do Parque Nacional, pois é uma área de preservação ambiental”, esclareceu Cordão, informando que este dia promete ser o mais técnico e que exigirá habilidade, devido a região ser inóspita. A chegada será na Praça de Eventos em Parnaíba, porta de entrada para o Delta das Américas ou Delta do Parnaíba.I

O 3º dia para os carros 4×4 será entre Parnaíba-PI e Ubajara-CE. O percurso será de 220 Km, o mais curto da prova e menos desgastante que o anterior. Os primeiros raios de sol prometem um trajeto bem diferente do dia anterior, começando com muitas estradinhas. Saindo de Parnaíba, a prova passará em volta da Lagoa do Portinho, um visual bonito. Em seguida, estradinhas de areia batida até Bom Princípio, e trechos de terra com muitas estradas retas (onde deve acontecer o trecho cronometrado do VeloPiocerá). A prova segue para o povoado Brejinho, na divisa do Piauí com o Ceará; de lá, segue para Ubatuba, um trecho de serra belíssimo até Viçosa, onde haverá algumas trilhas, no sentido contrário das que foram levantadas no Piocerá 2009, até Ubajara. O trecho de Tianguá até Ubajara, de 18 Km, será apenas de deslocamento pelo asfalto. Ubajara faz parte do roteiro turístico Circuito Serras Nordeste.I

O 4º dia e último dia oficial, em 28 de janeiro, será entre Ubajara-CE e Jericoacoara-CE. O percurso será de 254 Km. A prova começa com trilhas até Tianguá. De lá, trilhas até a bela cidade de Viçosa, com predomínio de trechos técnicos, de muitos laços (balaios).  O rally segue pela pedra de Itaguruçu, passa por Paula Pessoa e Granja, alternando estradinhas de cascalho e pedra, mas de pouco areal. Depois de Granja, mais trilha até o município de Parazinho, por estradinhas de terra vermelha batida e muita navegação. De Parazinho até Jijoca, passagem pela estrada velha que dava acesso ao município praiano, com imensas plantações de caju. Em Jijoca (o município engloba Jeiricoacoara), a prova termina. Antes da comemoração, um deslocamento em comboio de 22 Km até Jericoacoara. “Foi acordado junto ao Instituto Chico Mendes que depois de Jijoca não haverá competição, devido ser uma Área de Preservação Ambiental (APA)”, explicou Cordão. A chegada final será em um parque fechado. A festa de premiação em Jeri acontecerá no dia 29 de janeiro, com entrega de troféus para os campeões. As inscrições para o Rally Piocerá 2011 continuam abertas no site www.piocera.com.br. Mais informações: (86) 3231-0910.I

Contatos: Ass. de Comunicação
Larissa Cavalcante/Márcia Cristina
I(86) 3214-1272/(86) 8883-1248/(86) 9988-5050I
aldeiapi@uol.com.brI

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui