Folha Ubajarense » Homenagem Póstuma:Francisco Cavalcante de Paula
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Ubajaridade

Homenagem Póstuma:Francisco Cavalcante de Paula

أرسلت بواسطة Monique Gomes في terça-feira, 26 julho 2011لا تعليقات

Francisco Cavalcante de Paula nasceu na cidade de Piripiri-PI, no dia 29 de julho de 1.869. Primogênito do casal José Cavalcante de Paula e Generosa Cavalcante Pinto de Paula, piauienses que, tangidos pelos maus tempos de seca, refugiaram-se na rica e fértil Serra da Ibiapaba, no povoado chamado Jacaré, atual cidade de Ubajara.I

Fazendeiro, senhor de engenho, cafeicultor, industrial e comerciante. Primou acima de tudo pela harmonia e o respeito entre os 31 filhos frutos de 3 casamentos. Seus filhos galgaram postos na vida militar e cargos de destaque. São generais do Exército, majores da Força Aérea, Escritores, Poetas, Professores, Engenheiros, Pedagogas, Advogados, Fisioterapeutas, Dentistas, Músicos, etc.II

Como homem público foi uma das figuras exponenciais da política ibiapabana. Prefeito de Ubajara por dois mandatos – de 1935 a 1936 e de 1937 a 1939. Um dos maiores articuladores para a transformação do “Povoado Jacaré”. Percorria à cavalo até a cidade de Fortaleza, para contatar políticos da capital. Além de prefeito, foi nomeado para o cargo de Juiz de Paz e para o posto de Coronel pelo interventor estadual. Foi um pioneiro e articulador na instalação da paróquia de São José junto ao Bispo Diocesano Dom José Tupinambá da Frota. Francisco Cavalcante de Paula foi responsável pela conquista da primeira usina de energia, movido à lenha, para iluminar a cidade. Formou a primeira banda de música municipal.I

Conhecido pela figura impoluta, modesto, austero, idealista, homem de fortes convicções, detentor de atributos de ordem moral e exemplar. Apaixonado pelas letras e tudo o que enriquecia o intelecto, se preocupou com a educação e instrução da pródiga família que Deus lhe concedeu.I

Estatura mediana, porte ereto, dividia seu tempo ora administrando seu patrimônio, adquirido com o fruto do trabalho, ora sentado em uma escrivaninha, lendo ou escrevendo. Vestia-se modestamente à moda da época. Usava chapéu de massa e uma bonita bengala com adornos - calça e paletó tipo fraque para os dias de gala.I

Homem de fé, elegeu São Francisco como seu santo protetor, fazendo o elo entre o visível e o invisível, entre o físico e o metafísico. Junto à família, rezava o terço todas as noites e assistia as missas dominicais com o fervor e a devoção do homem de coração limpo que teme a Deus.I

Faleceu no dia 4 de março de 1960, aos 91 anos.I

Fotos e texto: colaboração de Zulma Cavalcante e Lúcio Cavalcante.II

Leia também: Família Cavalcante realiza 10º Encontro

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui