Folha Ubajarense » Você sabia?, por Edmundo Macedo – in memoriam
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Opinião

Você sabia?, por Edmundo Macedo – in memoriam

أرسلت بواسطة Monique Gomes في quinta-feira, 4 agosto 2011تعليق واحد

Que a Rodoviária Municipal teve início na administração do Prefeito Eudes Cunha e foi concluída na gestão de Ênio Braga de Carvalho e que o mérito da vida da rodoviária para Ubajara deve-se a José Ribamar Cavalcante, ex-funcionário da SETECO que, numa das divisões de Postos rodoviários para o interior, ele fez com que incluísse o nome de Ubajara como beneficiário. Com justiça foi dado o nome de Posto Rodoviário Dr. José Ribamar Cavalcante…?I

Que o Teleférico da Gruta de Ubajara aconteceu na administração de Raimundo Augusto Soares e Silva em 1963 e que o Ginásio coberto de Ubajara construído pelo Estado foi em 1977 atendendo  todos os eventos esportivos e festas tradicionais: Festa das Rosas e Carnaval, atrações de todos os foliões ibiapabanos…?I

Que o Prefeito José de Oliveira Vasconcelos (Zuza Vasconcelos) 30/09/1940 à 23/11/1945 foi um dos Prefeitos mais atuantes e combativos de Ubajara, considerado um dos maiores oradores da região, administração de primeira linha…?I

Que o Senhor Antônio Sabino Coelho (Antônio Sapo) foi o maior soltador de foguetes do nosso município, ídolo da garotada que nas festas políticas, religiosas e outros eventos sua presença era uma outra festa de luzes…?I

Que pelas madrugadas de Ubajara ouvia-se o barulho parecido com o de um trovão e que o responsável direto por essa brincadeira sadia era Manuel Félix, homem do povo que a meninada ficava festiva anunciando: ´lá vem o trovão!’ …?I

Que o senhor Antônio Camilo de Paula, mais conhecido como Antônio Canelinha, foi um dos professores dedicado aos jovens Ubajarenses e que além de mestre foi sacristão com muita dignidade da paróquia de Ubajara, servindo com esmerada dedicação aos primeiros vigários do município…?I

Que todos os domingos das 6:00 às 14:00 a feira livre de Ubajara é uma tradição pela variedade de frutas, legumes, cereais, utilidades domésticas, camisas,calças, blusas, sapatos, lojas, material para construção, bijuterias e, para os aficionados da bebida quente, não falta uma boa cachaça…?I

Que Ubajara Clube foi construído em terreno doado por Ângelo Francisco de Souza e foi fundado em 4 de setembro de 1949, sendo seu primeiro presidente o Sr. Elpídeo Luiz Pereira e, sob a guarda do Sr. Joaquim Fernandes de Souza, está  bem conservado o Livro Caixa contendo os nomes e valores pagos das cotas dos associados de Ubajara Clube com toda a riqueza de detalhes…?I

Que a Cachoeira do Boi Morto foi construída na gestão de Flávio Ribeiro Lima (Barragem) e o Balneário na administração de Eudes Soares Cunha, é visitado por milhares de turistas…?I

Que o Jornal Novos Tempos foi idealizado e dirigido pelo Dr. Júlio Alcântara e teve como colaboradores: Francisco Pinto, Carlos Alberto, Heloísa Gurgel, Silvério Soares Alcântara, Edmundo Macedo, Sônia Fernandes, Maria do Carmo Tavares e Susi Lima…?I

Que o prédio da Prefeitura Municipal de Ubajara foi construído por Juvêncio Luis Pereira, quando Prefeito de Ubajara (15/11/1926 a 30/06/1930) e que toda madeira ali aplicada tanto no piso quanto na cobertura foi comprada em Belém do Pará com dinheiro emprestado e pago no dia certo…?I

Que o salão da Prefeitura de Ubajara foi palco de memoráveis bailes, entre eles: Festa das Moças (que saudades!), Dia do Município, Entrada do Ano Novo, Festas Juninas com a presença de jovens bem charmosos e casais vestidos no maior estilo da época, riquíssimos toaletes, maquiagem discreta, adornos lindos e que os homens trajavam termos da última moda, não faltando o destaque da gravata e do lenço branco no bolso de cima do paletó, num toque de elegância…?I

Que até 1872 o território do município pertenceu a Viçosa do Ceará, de 1872 a 1878 a São Benedito e de 1878 a 1915 a Ibiapina…?I

Que a Agência Postal de Ubajara foi criada em 9 de Setembro de 1917 e inaugurada em 5 de abril de 1920, sendo seu primeiro funcionário o Cap. Moisés Bispo de Lima…?I

Edmundo Macedo nasceu em Ubajara no dia 20 de Novembro de 1923. Filho de Francisco Bahé Macedo e Francelina de Oliveira Lima. Gerenciou empresas conceituadas em São Paulo. Durante a aposentadoria, voltou para a terra natal, onde atuou como professor de História nas escolas municipais. Editou com Monique Gomes o Informativo O Senhor da Canoa, impresso de periodicidade trimestral. O presente artigo foi escrito em agosto de 1996. Edmundo Macedo faleceu no dia 1º de Outubro de 2004.I

تعليق واحد »

  • Vigevando said:

    Admiro o grande amante da História, professor Edmundo! Não deixemos perder a nossa História Ubajarense. Ao meu ver esse Jornal cumpre um papel interessante na nossa História. Que ela não se perca… Ninguém quer ficar no anonimato!!! Vendo o texto do Professor Edmundo Macêdo, penso que, quem sabe um dia, daqui a cinquenta anos podemos reler este Importantíssimo meio de comunicação, e tirar conclusões sobre a nossa história com um outro olhar, numa nova perspectiva. Parabéns Monique pelo belo trabalho! Esse Jornal, além de ser uma fonte de informação é uma fonte histórica que servirá até de pesquisa, quem sabe daqui a cinquenta ou cem anos futuros. É importante ressaltar que este é um meio de comunicação ultra-democrático, onde a voz dos oprimidos em quaisquer circunstâncias ganham força!

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui