Folha Ubajarense » MOVIMENTO FAXINA BRASIL
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Política

MOVIMENTO FAXINA BRASIL

أرسلت بواسطة Monique Gomes في quinta-feira, 15 setembro 20112 تعليقات

O Movimento Faxina Brasil nasce para resgatar a indignação popular e transformá-la em força motora para levar o povo à rua a manifestar seu repúdio à corrupção. A sociedade brasileira está cansada de tanta bandalheira, e não quer mais continuar indiferente aos escândalos que diariamente vertem dos meios de comunicação. Mas a sociedade precisa de instrumentos para que sua indignação se manifeste e se multiplique. Com esse propósito, o Movimento Faxina Brasil se coloca como o facilitador de um desejo que já está colocado, mas represado por falta de canais de drenagem. Indicar a rua e dar as coordenadas para que ela seja alcançada a dia e à hora pelo maior número possível de manifestantes é a principal razão de existir do Movimento Faxina Brasil.I

No Brasil de hoje, o que se observa é que a pilantragem, que nunca foi pequena, espalhou-se de maneira generalizada, contaminando diversos níveis da administração pública, e atingindo setores dos órgãos legislativos e judiciários. Seus eflúvios deletérios são tantos e tão frequentes que parecem ter anestesiado todas as camadas da população, extirpando-lhes o sentimento da dor e da indignação.I

As páginas dos jornais estão repletas de escândalos envolvendo políticos. Os noticiários das TVs, plenos de malfeitos praticados por agentes públicos que nos agridem às náuseas com suas práticas nefastas. A agenda governamental do país está ocupada com o tema da corrupção, não com o propósito do seu tratamento e cura – o que seria saudável – mas com a fraudulenta intenção de acrescentar-lhe um sabor mais palatável e uma embalagem mais atraente. Pura prática do marketing em sua versão perversa: a da enganação.I

Há quem diga, cinicamente, que mais importante do que o combate à corrupção é o combate à pobreza. Como? Se o recurso para mitigar o sofrimento do pobre escoa pelos ralos da corrupção. Esse cinismo tem apenas o espúrio propósito de estimular a indiferença aos escândalos oficiais produzidos em escala industrial. Não nos esqueçamos: a indiferença é a melhor amiga da corrupção.I

A nos humilhar há, ainda, a vergonhosa arrogância dos políticos que, pilhados em atos de delinquência, declaram – como declarou um deles – com a mais eloquente cara de pau não ter nada de mais dar um pulinho de helicóptero pago com dinheiro público até o seu sítio de recreio para um convescote com os amigos do peito por ser chefe de Poder e ter direito a segurança e transporte. Nesse cenário não há espaço nem tempo e sequer interesse na esfera dos governos para a discussão dos assuntos verdadeiramente relevantes à nação e ao seu povo no que diz respeito às urgências do momento presente, nem às futuras demandas das gerações vindouras. É o destino de um povo que corre o risco de não se cumprir. Quantas escolas estão deixando de funcionar? Quantos postos de saúde estão deixando de ser construídos? Quanto porvir está sendo sacrificado?I

A corrupção, nos níveis em que se instalou na seara governamental, não permite a concretização do círculo virtuoso do progresso em seu sentido amplo, que leva prosperidade sustentável no longo prazo, abrangendo além da economia, também a educação, a cultura, a saúde, o lazer, a segurança e outros valores menos tangíveis, como a felicidade e o bem estar da nação. A trava da corrupção impede o país de dar os passos necessários para acabar com os bolsões de subdesenvolvimento, mas também de inserir o Brasil, de fato, no grupo de países sérios e comprometidos com o progresso de seus povos.I

Quem é

  O Movimento Faxina Brasil é uma iniciativa de natureza civil, apartidária, sem objetivos financeiros, constituída por pessoas de diversos setores da sociedade, que têm em comum a convicção de que está na hora do basta à corrupção e à impunidade. São pessoas esperançosas e crentes em um futuro promissor para o país. Acreditam na imensa potencialidade da nação e de seu povo, mas acreditam também que, a despeito dessas virtudes, as coisas podem dar erradas se a ética e as boas práticas administrativas não forem restauradas em todas as esferas dos governos. E acreditam, ainda, que da forma como elas estão sendo conduzidas, darão erradas. Propõe, portanto, esse grupo buscar adesões junto à sociedade indignada para levantar a bandeira da faxina nas práticas ilícitas de gestão da coisa pública e exigir a punição dos responsáveis pelos desmandos que ora assolam o dia a dia dos gabinetes. Porque do jeito que as coisas estão postas, cabe a cada cidadão brasileiro tomar para si a obrigação de se manifestar com contundência, tornando clara sua repulsa à delinquência praticada por políticos.I

Na metáfora do vento, o pessimista acha que ele não vai mudar; o otimista crê na sua mudança de qualquer maneira; e o realista reposiciona as velas. É com esse espírito realista que o Movimento Faxina Brasil lança-se na luta contra a corrupção, com consciência da complexidade das questões que envolvem o tema, e com a humildade de não pretender alcançar todos os aspectos do problema. Mesmo porque a sociedade já dispõe de mecanismos capazes de atuar e coibir muitos desses crimes com seus instrumentos legais. E se melhor não é feito se dá porque além de a corrupção não passar recibo, no Brasil os braços da lei não dispõem de boa musculatura, tampouco agilidade para conter o furor dos desonestos. Assim, entende o grupo, que seu papel será voltado para a mobilização popular com o propósito de explorar a sintaxe das ruas, a linguagem que político compreende e teme. Se o malfeitor não é apanhado pela lei, pode ser mais facilmente punido pelo voto.I

Declaração de princípios

O Movimento Faxina Brasil é pautado pelos seguintes princípios:I

I1)      O MFB não é contra as instâncias do poder constituído. Sua ação restringe       se à condenação dos atos criminosos relacionados à corrupção, que envolvam agentes públicos, pagos para defender os interesses da nação;I

I2)      O MFB apóia todos os movimentos de combate à corrupção que estejam em linha com os princípios aqui expostos. Apóia as instâncias de Poder empenhadas em punir os autores desses crimes.  Propugna também pela devolução desses recursos aos cofres públicos para que possam servir aos fins a que foram honestamente destinados.I

I3)       As causas e os modos de ação defendidos e praticados pelo MFB são sempre pautados pela ética e contidos nos limites da Lei e das práticas dos bons costumes;I

I4)      O MFB é um movimento apartidário. Pode eventualmente aceitar apoio de partidos políticos à sua causa, mas não pode ser instrumentalizado por eles em benefício de seus interesses partidários;I

I5)      O mesmo conceito aplica-se a empresas e demais entidades que possam apoiar as causas do MFB;I

I6)      O MFB não participa de campanhas político-eleitorais, mas pode denunciar e ajudar a divulgar nomes de candidatos “ficha-suja”.I

Plano de ação

            Na fase de implantação e consolidação do MFB, duas ações estão previstas e deverão ser postas em prática imediatamente:I

            A primeira consiste na conquista de membros apoiadores e de membros militantes. Os apoiadores, que também poderão ser militantes, são as pessoas e entidades que apoiarão politicamente e colaborarão materialmente com o Movimento. A busca por essas adesões será feita por meio de contatos pessoais e terá como objetivo alavancar a divulgação do MFB e constituir as bases mínimas de operação das ações. Os militantes são as pessoas que se dispõem a participar dos movimentos de rua e serão engajadas por todos os meios de que o MFB dispuser, e principalmente pelas novas redes de comunicação eletrônica. Como resultado dessa ação espera-se colher as adesões formais a este Manifesto.I

            A segunda ação será implementada depois de cumprida a etapa anterior, e consiste na organização de uma passeata em local e data a serem definidos. Para isso deverão ser desenvolvidos materiais de apoio e suporte logístico para o evento.I

            Paralelamente, está sendo criado um site do Movimento Faxina Brasil para funcionar como um escritório virtual de apoio ao Movimento.I

2 تعليقات »

  • Clarindo said:

    Só acredito nesses movimentos quando eles derem nomes aos verdadeiros bois. Vamos dar os nomes das empresas, dos empreiteiros, dos corruptores. Só existe corrupção porque existem os corruptores. Estes estão livres, porque a imprensa poupa o nome deles. Porque não lutamos pela retomada da Operação Sattiagraha, aquele que prendeu o banqueiro Daniel Dantas, solto depois pela justiça. Vamos denunciar a corrupção do judiciário. A imprensa tem coragem pra isso? Esses movimentos tem que ser mais específicos. Contra a corrupção todo mundo é. É como ser contra a maldade. Precisa é ser mais explícito!

  • Clarindo said:

    Uma sugestão ao pessoal do MFB: leiam o livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr. Deve ser lançado em outubro. Lá tem muita coisa pra se anunciar à população brasileira sobre corrpção, dando nome e endereço dos bois. O MFB poderia fazer do livro do Amaury uma arma de luta!

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui