Folha Ubajarense » Club FM entrevista profissionais da saúde
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Entrevistas e Homenagens

Club FM entrevista profissionais da saúde

أرسلت بواسطة Monique Gomes في sexta-feira, 28 agosto 2009لا تعليقات

Em entrevista coletiva, a equipe de profissionais de odontologia do município e o jornalista do Programa Jornal Ação no Ar, Tomas Filho, levantaram questões relevantes sobre a saúde bucal e a administração do Centro de Especializades Odontológias que será inaugurado em breve em Ubajara.Confira

 

higiene bucal

 

Tomas Filho – Dr. Amilton, como está sendo feita a campanha de prevenção da saúde bucal?a

Dr. Amilton –Montamos uma estratégia de ação coletiva hoje e estamos dando ênfase para a prevenção do câncer de boca. Distribuimos panfletos, bonés, ensinamos a fazer o auto exame. A população está sendo atendida. Fomos o primeiro município a colocar dentista no horário diferenciado, à noite

Tomas Filho – Dra. Taís, existe diferença entre os cuidados com higiene bucal no homem ou na mulher, a mulher se cuida mais que o homem?a

Dra. Taís – Em relação ao que eu vejo, as mulheres são mais cuidadosas. A população como um todo ainda é carente de informação sobre saúde bucal. Eles acham que tudo está bem se só for ao dentista, mas é preciso ter muita higiene em casa

Tomas Filho – A população participou ou ainda falta muita informação?a

Dra. Taís –  A campanha teve uma participação muito boa, mas vimos o desconhecimento da população. Agora estamos aqui pra isso, pra iformar. Estamos dentro das escolas, estamos para orientar os alunos, pais, professores

Tomas Filho – A saúde bucal é de fundamental importância. Esses cuidados devem começar com que idade?a
Dra. Taís – De acordo com a idade, há mudanças no cuidado na boca. O cuidado da boca de um recém nascido não é o mesmo que a de um idoso. Muitas mães quando amamentam, já precisam fazer a limpeza na gengiva do bebê, porque há acúmulo de leite materno. Popularmente se chama de mofo. Precisa limpar

Tomas Filho – Dr Marcílio, quais as doenças mais comuns que entram através da boca?a

Dr. Marcílio – A doença mais comum é a cárie dentária, ocasionada pela fata de higiene, ou comer muitos doces, principalmente as crianças que comem muitos doces, então surge a cárie. Outras doenças como a periodontal. Sangue na gengiva, pessoas pensam que pode ser câncer de boca, mas ás vezes é só uma falta de higiene e formação de placa. Junta ainda a questão do cigarro e da bebida, disponibiliza a formação do câncer

Tomas Filho – Dra. Lara Pordeus, muito trabalho hoje?a

Dra. Lara Pordeus – Muito. Hoje fizemos muitos exames clínicos. As lesões pré cancerígenas vão evitar que o paciente desenvolva câncer de boca, que é um dos mais agressivos do corpo humano. Se a gente conseguir detectar na fase inicial, as chances de cura aumentam bastante, porém se o caso estiver avançado as chances são mínimas pois o tratamento é muito radical. O pessoal que fuma tem que se cuidar, ir muito ao dentista, porque a maioria dos casos de câncer de boca são em fumantes. São lesões brancas ou avermelhadas e o paciente não sente dor

Tomas Filho –  O cuidado deve ser mais acentuado em casos de gengivite?a

Dra. Lara Pordeus – Sim, isso pode ser coadjuvante para que ele desenvolva câncer, mas o fator principal é a radiação solar e a questão do cigarro. O alcool também é um coadjuvante, a bebida potencializa o efeito do cigarro

Tomas Filho –  Dr Amilton, uma pergunta bastante óbvia:açucar demais prejudica os dentes?a

Dr. Amilton – Com certeza. O açúcar vai ser utilizado pelas bactérias para desmineralizar os dentes, ou seja, simplesmente esfarelar o dente. A cárie é uma doença que tem controle mas não tem cura, então você controla fazendo uma boa higiene e cuidando da alimentação

O calor produzido pelo fumo na boca é de quase 838 graus, o cigarro é um dos maiores causadores do câncer de boca. São 4600 substâncias tóxicas.

Tomas Filho –  Dr. Marcílio, qualquer sangria na gengiva significa que a pessoa tem gengivite?a

Dr. Marcílio – Não. Se for sangramento no pé da gengiva, são os restos de alimentos que ficam ali e podem causar a gengivite. Se o paciente não trata, pode ocorrer a periodontite, que atua não só na gengiva, mas também no osso do dente

Tomas Filho –  Dra lara Pordeus, a chegada do Centro de Especialidades Odontológicas vai prejudicar de alguma forma a senhora que tem consultório?a

Dra. Lara Pordeus – Eu acredito que não prejudica porque o público do SUS é um e o público do atendimento particular é outro. A questão do CEO é muito positiva pra região da ibiapaba e vai ajudar muito aqueles pacientes que precisam de prótese e cirurgia

Tomas Filho –  Dra. Taís, sabemos que o papel dos pais é de fundamental importância na educação dos filhos. Em relação a saúde bucal, como fica isso?a

Dra. Taís – Isso é a maior verdade. A gente tem dificuldades porque vai pra escola, orienta os alunos, professores. Eles fazem bochecho com flúor, mas quando chegam em casa essa realidade muda. O hábito é muito importante

Tomas Filho – Dr. Amilton, vamos falar do CEO. Existe muita divergência com esse assunto. Sabemos que o CEO é um consórcio entre cidades que vai atender de forma direta a população e fazer coisas que os PSFs não podem fazer, como cirurgias mais complexas e dar um tratamento mais especializado. Como vai ser essa triagem?a

Dr. Amilton – O Centro de Especialidades Odontológicas da Ibiapaba vai ser o primeiro do Brasil nessa modalidade de consórcio, uma experiência inovadora. Ele terá toda uma infra-estrutura e funcionará com equipamentos de ponta. Os gestores da região se reúnem e discutem o consórcio, cada município irá contribuir com um valor pelo número de habitantes daquele município. Os pacientes serão encaminhados ao CEO através dos PSFs

Já está tudo definido, as especialidades que irão funcionar. Vamos ter um dentista para trabalhar com pacientes com necessidades especiais, aqueles que estão acamados ou deficientes físicos, vamos ter três entodontistas. Tratamento de canal é muito caro. No início vamos trabalhar com ortodontia preventiva. Vamos ter dois periodontistas, um cirurgião oral para fazer as cirurgias mais complicadas e dois protesistas. De início vamos trabalhar com prótese total, quando for pra fazer mudanças, tudo tem que ser de acordo com os municípios consorciados

Sobre o contrato dos funcionários que irão trabalhar no CEO, será feito um concurso, mas antes disso, para que ele funcione, será na forma de contrato temporário. A diretora financeira já foi definida, ela é concursada, é a Iolanda Teles, ex secretária de saúde

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui