Folha Ubajarense » Tianguá conquista Prêmio Peteca contra trabalho infantil
Entrevistas e Homenagens

Confira as entrevistas concedidas ao Jornal Folha Ubajarense. Em breve a sessão Homenagem Póstuma estará disponível

Ibiapaba online

Notícias da Ibiapaba:Viçosa do Ceará, Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte e Carnaubal

Polícia

O interior do Estado do Ceará não é mais o mesmo. Violência, criminalidade e acidentes no trânsito fazem parte da rotina

Ubajaridade

A essência de ser ubajarense permanece arraigada nos habitantes dessa cidade pacata e de clima agradável

ümor

Artigos, Crônicas, Piadas. Tudo aquilo que você não precisa saber para viver com dignidade e qualidade de vida está aqui

الرئيسة » Ibiapaba online

Tianguá conquista Prêmio Peteca contra trabalho infantil

أرسلت بواسطة Monique Gomes في quarta-feira, 21 outubro 2009تعليق واحد

premiopeteca

Dezenas de educadores, gestores e estudantes de escolas públicas de dezenas de municípios reunidos no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), dia16. Eles participaram da solenidade de apresentação das trinta melhores tarefas escolares produzidas sobre o tema trabalho infantil selecionadas como finalistas no “Prêmio Peteca – Educando e Erradicando o Trabalho Infantil”. Ao final do evento, as Comissões Julgadoras anunciaram como vencedores os trabalhos realizados pelos alunos dos municípios de Itatira (modalidade artes visuais), Tianguá (composição) e Quixadá (artes cênicas e literatura).I

Premiada em duas categorias, a delegação de alunos, professores e gestores de Quixadá mostrou ser a de maior animação, antes mesmo do anúncio dos vencedores. Com uma batucada a postos no auditório desde a abertura da solenidade, a equipe vibrou exaustivamente ao ser anunciada vencedora. Os representantes de Itatira também comemoraram a vitória ressaltando terem sido a única delegação finalista do sertão central e prometeram trazer trabalhos ainda melhores na edição do prêmio em 2010.I

Antes da apresentação dos trabalhos finalistas para as comissões julgadoras, o público presente à solenidade pôde ouvir as manifestações dos coordenadores estaduais do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca) e de outras autoridades. O representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Renato Mendes, destacou o carinho que a entidade nutre pelo Peteca desde quando tomou conhecimento da idéia de implantação do Programa.I

Assim como fez agora, na solenidade de premiação, ele também veio de Brasília, no final de 2008, proferir palestra durante a 1ª turma do curso de capacitação dos educadores. “O Peteca vai para o relatório bienal da OIT, em Genebra, como boa prática de combate ao trabalho infantil no mundo”, informou Renato Mendes. Ele ressaltou a importância de se investir na mudança de cultura para pôr fim à tolerância que ainda persiste frente à exploração da mão-de-obra de crianças e adolescentes no País.I

De Curitiba, a procuradora do Trabalho Mariane Josviak veio prestigiar o evento de apresentação e premiação das tarefas escolares produzidas pelos estudantes cearenses. Titular da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), que funciona no âmbito do Ministério Público do Trabalho (MPT), ela ressaltou que o Peteca serviu de inspiração para a adoção do Projeto MPT na Escola, lançado recentemente em todo o País.I

Os alunos classificados em 3º lugar em cada modalidade (ver resultado abaixo) receberam um computador com impressora. Já os trabalhos que ficaram em 2º lugar foram premiados com um computador e uma impressora para os estudantes e um computador e uma impressora para os professores orientadores. No caso do 1º colocado em cada categoria, além de estudantes e professores receberem um computador com impressora, as escolas foram contempladas com um notebook e um datashow.I

O Peteca foi lançado em outubro de 2008 através da parceria entre o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Universidade Federal do Ceará (UFC) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e atendeu, ao longo de um ano a quase 100 mil estudantes do ensino fundamental de 51 municípios, a partir do envolvimento de cerca de dois mil educadores em mais de 900 escolas. Neste período, mais de cinco mil tarefas foram produzidas pelos alunos. As melhores atividades de cada escola, nas quatro modalidades, foram selecionadas e, após vencerem também as etapas municipais, foram inscritas perante a coordenação estadual para concorrer ao Prêmio. O procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima destacou que o nível dos trabalhos inscritos demonstrou serem todos os concorrentes vencedores.I

 

TRABALHOS VENCEDORES NO PRÊMIO PETECA

 Modalidade Artes Cênicas

 1º Lugar: Município de Quixadá (Escola Raimundo Marques de Almeida)

2º Lugar: Município de Pindoretama (Escola Pedro Ricardo da Silva)

3º Lugar: Município de Sobral (Escola Cel. Francisco Aguiar)

 Modalidade Artes Visuais

 1º Lugar: Município de Itatira (Escola José Augusto da Silva)

2º Lugar: Município de Jaguaribe (Escola Luiza Távora)

3º Lugar: Município de Palmácia (Escola Isaura Amélia Pereira)

 Modalidade Composição

 1º Lugar: Município de Tianguá (Centro Educacional Prefeito João Nunes de Menezes)

2º Lugar: Município de Ibiapina (Escola Rita Negreiros)

3º Lugar: Município de Camocim (Escola Idelzuíte Carneiro)

 Modalidade Literatura

 1º Lugar Município de Quixadá (Escola Raimundo Marques de Almeida)

2º Lugar: Município de Fortaleza (Escola Casimiro Montenegro, da SER V)

3º Lugar: Município de Fortaleza (Escola Marieta Cals, da SER VI)

 

 

*** A informação é do site http://www.antonioviana.com.br/2009/site/ver_noticia.php?id=60527

تعليق واحد »

  • carlos roberto said:

    eu estudo na escola professor gerardo em sobral fasso teatro minha escola esta preparando 1apresentaçao e se deriremos para fortaleza para tentar de tudo para ganhar o premio

FAZER UM COMENTÁRIO

Participe. Deixe seu comentário aqui