الرئيسة » Comunidades, Bairros e Distritos

Comunidades, Bairros e Distritos

ubajara_mapa

 

Bairro Nossa Senhora de Lourdes

É o bairro mais antigo da cidade de Ubajara, lugar onde tudo começou. Na continuidade do tempo, Nossa Senhora de Lourdes veio em nome de uma mulher chamada de Lourdes, daí deu-se o nome da Santa Nossa Senhora de Lourdes.I

Sítio Moitinga

Local onde os Tabajaras se instalaram. Faziam suas preces debaixo de uma árvore baixa. Os moradores mais antigos contam as histórias de quando Moitinga era povoada pelos índios. Uma dessas histórias conta sobre a índia Lapiconga, de aparência muito esquisita e de andar desengonçado.I

Cachoeira do Boi Morto

Originou-se na cachoeira uma trilha, em bom acesso, que ligava ao estado do Piauí onde os Tabajaras passavam com as mercadorias de um estado a outro. O caminho principal vinha de um lugar chamado Grossos, passava por Pindoba e pelo o rio Boi Morto onde era transportados todos os mantimentos para sua sobrevivência. Com a vinda da primeira família, colocaram uma Santa debaixo de uma árvore e esse era o lugar para o povo fazer suas preces e orar. Este dia é comemorado dia 12 de Outubro.I

Sítio Pitanga

Berço de origem de famílias ilustres da região. Pitanga recebeu esse nome pelo fato de haver muitos pés dessa árvore. Os moradores de Pitanga eram pessoas de bom coração que gostavam de ajudar os necessitados, daí surgiu o grupo da Sagrada Família. Atualmente há uma capela em homenagem à Sagrada Família.I

Distrito de Nova Veneza

No século passado Nova Veneza se chamava somente Veneza. Havia uma casa e um caminho estreito onde as pessoas transportavam-se do Estado do Piauí para as cidades do Ceará, principalmente para a cidade de Ubajara e outras.I

Sítio Taboca

Vem da origem de uma reserva de tabocas, onde os tabajaras tiravam o produto para fazer cestos, peneiras e grajal. Era uma forma confiável para carregar os produtos de uma cidade para outra. Com a continuação veio a primeira família, Tomás, com os trabalhos que faziam eram abençoados, de tudo dava lucro. A família Tomás tinha uma Santa e deram o nome de Nossa Senhora do Sagrado Coração de Maria. Até hoje é o encontro dos fiéis, onde fazem suas orações e pagam promessas.I

Distrito de Jaburuna

Jaburuna era um caminho onde passavam boiadas, cavalos, jumentos com cargas que vinham do Piauí. Passavam por Pindoba e vinham até a Ubajara e outras cidades.Jaburuna hoje é um Distrito de Ubajara e também um ponto religioso. A festa tradicional de Nossa Senhora do Bom Parto é comemorada dia 1° de Novembro.I

Distrito de Araticum

A História de Araticum começou em 1908, quando Horácio Ferreira de Almeida, em comum acordo com mais 32 amigos tiveram a idéia de construir a Capela, conhecida como Igrejinha do Araticum. Diante das dificuldades, Horácio e seus companheiros fizeram um empréstimo de 32 mil réis com o Sr. Luis Ferreira de Almeida, seu pai. A capela foi construída e sua primeira missa foi celebrada em 25 de novembro de 1909, pelo Padre Joaquim Severiano de Barros. Antes disso, as missas eram celebradas na casa do Sr Manoel Joaquim de Almeida.I

O lugar recebeu o nome ARATICUM pelo fato de que lá havia muitos pés dessa planta.I

Após esse acontecimento, muitas casas foram surgindo. O primeiro vereador foi o cidadão Salustiano Valério de Almeida. O primeiro Delegado, o Sr. Manuel Ameliano de Almeida. Primeiro tabelião: Mestre Pedro de Alcântara. Juiz de Casamento civil: Horácio Ferreira, que tinha a patente de cavalaria. Era casado com Francisca Maria de Aguiar.I

O primeiro professor do Araticum chamava-se Pedro Alcântara Barros. O primeiro prefeito de Ubajara foi o Coronel Juvêncio Pereira. As primeiras famílias foram as de Almeida Ferreira de Vaz Aguiar e Filomeno França, um senhor que veio de Crateús com a família e lá ficaram. Suas filhas casaram-se: Adelaide com Antônio Ferreira, Maria Biô com Domingos Sirilo, Ana Joaquina com Inácio Vaz de Aguiar e Luiza Leôncio Franca com Francisco Vaz.I

Os párocos que fizeram parte desses momentos históricos foram, por ordem: Pe. Joaquim Severiano de Barros, Pe. Antônio de Melo, Pe. Inácio, Pe. Otacílio, Pe. Moacir Cavalcante, Pe. Domingos e Pe. Francisco Tarcísio Melo. Nessa época, os batizados eram realizados com a madrinha do lado, com uma toalha nos braços impresso com o nome. Havia cânticos ao vivo durante a missa, que era toda celebrada em latim, de costas para o público e de frente para o altar.I
O Padroeiro de Araticum foi São Vicente de Paula, porque a comunidade era muito pobre e este santo é o Pai da Caridade.I

Gruta de Ubajara

Na época eram os Tabajaras que habitavam o lugar e denominaram um ponto religioso, onde juntavam-se todos para rezar e fazer preces. O padre ia frequentemente celebrar missa. Havia também casamentos e batizados no local.I

Igreja São Francisco

No dia 04 de Outubro comemora-se o dia de São Francisco, mês dedicado ao Santo para a homenagem. Na cidade de Ubajara, com a fé dos fiéis, há festa em finais de Setembro a 04 de Outubro. A comunidade do Bairro Monte Castelo foi a principal responsável pela Igreja de São Francisco.I

Igreja São José

Comemora-se em 19 de Março o dia de São José, Padroeiro do Ceará e também da cidade de Ubajara, mas sua festa é oficializada em Agosto desde 1974 na paróquia de Ubajara, em consequência do período de fortes chuvas no mês de março e a falta de acesso – fato que fez com que a festa fosse adiada para o mês de Agosto. Há uma forma conveniente de chamar os fiéis para a Igreja. Porém restabelece a fé cristã e prestar cultos a própria imagem.I